patrocinio e apoio xiii 2018

 

PALAVRA DO PRESIDENTE

Edson Rogatti

Não é história de pescador: em tempos de dificuldades, investir em gestão pode ser a salvaguarda de um negócio. Quando falamos em Saúde Suplementar, estamos pensando não apenas no acesso, atendimento, qualidade da rede credenciada e resolutividade; mas também evocamos a situação financeira, sobrevivência das operadoras, atenção à Legislação, a administração de recursos materiais e de pessoal. É preciso pensar no pacote completo, que exige ainda negociação com prestadores e fornecedores, adoção de novas tecnologias e, claro, um bom relacionamento com o cliente.

Para isso, as operadoras de planos de saúde precisam se dedicar cada vez mais à qualidade de sua gestão administrativa, sabendo que representam o cuidado de 50 milhões de pessoas, contribuindo, inclusive, para desafogar a Saúde Pública. Com esse objetivo, a Confederação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos, por meio de sua Rede Saúde Filantrópica (CMB/RSF), realiza o XIII Congresso Nacional das Operadoras Filantrópicas, nos dias 25 e 26 de julho, em São Paulo, com o tema central Não controlamos o vento, mas podemos ajustar as velas - A boa gestão é aquela que se adapta ao mercado e às regulamentações legais.

Com a colaboração de especialistas e autoridades, o evento pretende abordar os principais temas de debate do mercado de Saúde Suplementar, contando com a presença dos representantes das operadoras de planos de saúde de diversas áreas e segmentos, e com os prestadores de serviço, que também participam deste momento importante de debate.

Acreditamos que esses dias serão uma oportunidade ímpar para traçar rotas, definir o curso e preparar nossos barcos para aproveitar os ventos das mudanças na economia e, consequentemente, no mercado, para alcançar um porto adequado para atracar. Participe conosco!

Edson Rogatti
Presidente da CMB